>

17/11/2020

SEE PB: Governador promete edital para professores em 2021. Previsão de 1.000 vagas

O próximo concurso SEE PB, com vagas para professores, será realizado somente em 2021. A previsão foi dada pelo governador da Paraíba, João Azevêdo, em entrevista ao programa “Fala, Governador” da Rádio Tabajara, nesta segunda-feira, 16.

De acordo com João Azevêdo, a seleção estava prevista para este ano e estudos foram realizados, como antecipado por Folha Dirigida em agosto. No entanto, por conta da pandemia, o edital foi adiado para 2021.

“Nós esperamos, logicamente, que, em 2021, a gente voltando às condições normais, a gente possa realizar um concurso público que está dentro de nossa programação, para convocar mais mil professores”, disse o governador.

Ao todo, estão previstas mil vagas para professores. A intenção do governo é realizar uma seleção para a Secretaria de Educação a cada ano, chegando ao fim da gestão com 4 mil novos docentes.

“No total, está previsto um investimento de R$1,8 bilhão em obras e ações, como um novo concurso para mais 1.000 professores, ter 53% de escolas integrais, mais investimentos em Segurança, Infraestrutura e Saúde, entre outros. Manter o estado no rumo certo, sem perder o foco na gestão, nos dá a certeza de que estamos construindo um futuro cada vez melhor”, disse o governo em janeiro deste ano.

Saiba tudo sobre o concurso SEE PB

Órgão: Secretaria de Educação da Paraíba
Banca organizadora: a definir
Cargo: professor
Vagas: 1.000
Requisito: nível superior (licenciatura na área de interesse)
Remuneração: até R$ 3.468,12
Edital: previsto para 2021

Último concurso SEE PB segue válido

Sem ter condições de realizar um novo concurso SEE PB este ano, a seleção de 2019 foi prorrogada.

Ao todo, o concurso contou com mil vagas para professor, com licenciatura na área de interesse. Em janeiro de 2020, todos os mil candidatos aprovados e classificados foram convocados e nomeados.

Com a seleção prorrogada, no último sábado, 14, o Governo do Estado da Paraíba publicou mais um edital de convocação, com 594 chamadas para a Educação Básica III.

As nomeações dos aprovados acontecerão a partir de fevereiro de 2021. O edital de 2019 contou com oportunidades imediatas e distribuídas por diversas disciplinas, sendo elas:

Artes: 72
Biologia: 150
Educação Física: 68
Filosofia: 6
Física: 47
Geografia: 72
História: 78
Língua Espanhola: 18
Língua Inglesa: 61
Português: 195
Matemática: 199
Química: 28
Sociologia: 6

A seleção foi organizada pelo Instituto AOCP. Para ser aprovado era necessário acertar 50% ou mais dos pontos da prova objetiva, além de não obter nota igual a zero em qualquer disciplina.

O exame contou com 50 questões de:

– Língua Portuguesa (dez);
– Legislação Básica em Educação (dez);
– Conhecimentos Pedagógicos (dez); e
– Conhecimentos Específicos (20).

Mais de 40 mil candidatos foram convocados para as provas do concurso, que ocorreram em julho em diversas cidades do estado. Os participantes habilitados no exame objetivo tiveram os seus títulos avaliados.

A remuneração inicial dos aprovados poderia chegar a R$ 3.468,12. O valor era o resultado da soma do vencimento básico de R$ 2.110,12 mais a Bolsa Desempenho de R$ 1.208 e a Bolsa de Incentivo ao Programa de Modernização e Eficiência da Gestão de Aprendizagem da Paraíba, no valor de R$ 150.

Segundo o governo, os nomeados ainda podem receber benefícios como o Prêmio Mestre da Educação, que dá direito ao 14º e 15º salários, o Prêmio Escola de Valor e o Bolsa Ensino Médio Inovador (Proemi) do Ministério da Educação (MEC). A jornada é de 30 horas.

Ainda de acordo com o governo, este foi o quarto concurso público realizado pela Paraíba (de 2011 até 2019) para o cargo de professor de Educação Básica III. Neste período, 5.040 vagas foram oferecidas.

Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso