>

07/06/2017

Funase: publicado edital com 100 vagas para agente socioeducativo

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), em Pernambuco, abriu nesta quarta-feira (7) as inscrições do processo seletivo que disponibiliza 100 vagas temporárias para a função de agente socioeducativo, sendo cinco reservadas a pessoas com deficiência.

Destinada a profissionais com ensino médio, a carreira conta com vencimentos iniciais de R$ 1.320. O regime de trabalho segue escala de 24 horas de trabalho por 72 horas de descanso.

As oportunidades oferecidas no concurso da Funase estão distribuídas entre cinco municípios: Vitória de Santo Antão (17 postos), Caruaru (17), Garanhuns (60), Petrolina (3) e Arcoverde (3).

Os profissionais contratados terão vínculo inicial de até 24 meses, com possibilidade de prorrogação por duas vezes, até atingir o limite de seis anos.

Concurso Funase: inscrições e provas

Será possível se inscrever no concurso da Funase até 14 de julho, pelo site www.institutodarwin.org. A taxa para participar custa R$ 40.

A seleção dos candidatos será feita por meio de análise curricular, tendo como critérios de avaliação: experiência profissional e formação escolar.

Os documentos deverão ser anexados ao formulário de candidatura. O resultado final está previsto para ser divulgado em 14 de agosto.

O concurso da Funase terá valida de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão, conforme estabelece o edital, disponível para consulta entre os anexos da notícia.

Concurso Funase: atribuições do agente socioeducativo

Recepcionar os adolescentes internos na unidade de atendimento, sempre com solicitude, orientando-os sobre seus direitos, deveres e normas disciplinares; garantir a integridade física, psicológica e moral dos adolescentes; acompanhar os adolescentes em consultas médicas, exames, audiências e visitas domiciliares, conforme orientação recebida da direção da unidade de atendimento; acompanhar os adolescentes em suas atividades diárias de educação, esporte e lazer, tais como aulas, cursos, recreação, além de outras, dentro e fora das unidades de atendimento; conduzir os adolescentes ao atendimento por técnicos, coordenadores e direção das unidades; viabilizar a higiene pessoal dos adolescentes, assim como dos espaços por eles utilizados; sugerir atividades de educação, esporte e lazer para os adolescentes; zelar pela disciplina dos adolescentes, sua e de seus colegas, nas dependências da unidade onde exercerem suas atividades laborais; efetuar custódia dos adolescentes, quando solicitado pela direção da unidade; fazer relato diário, em livro de ocorrências, registrando as situações vivenciadas, providências adotadas e o comportamento dos adolescentes; intervir, nas dependências da unidade de atendimento, em situações de conflito e eventuais tumultos, visando pôr fim às mesmas, evitando violência de qualquer ordem, tais como agressões físicas e/ou morais; propor e cumprir, rigorosamente, as normas de segurança estabelecidas para a unidade em que exercerem suas atividades funcionais; participar de reuniões, emitindo suas opiniões, acerca do trabalho visando à interação e à unidade da ação; prestar socorro imediato aos adolescentes, em casos de emergência, encaminhando-os para o setor competente; auxiliar na elaboração do Plano Individual de Atendimento Governo do Estado de Pernambuco do Adolescente – PIA; Realizar revistas nos alojamentos e demais dependências da Unidade Socioeducativa, visando recolher objetos ou substâncias proibidas; Participar das atividades relacionadas ao treinamento e à capacitação; participar do processo de integração interdisciplinar, para a elaboração, o acompanhamento e avaliação das ações; revistar os adolescentes e os locais por eles ocupados; executar outras atividades correlatas, sempre e em todas as suas atribuições, de forma satisfatória à prestação dos serviços cabíveis à Funase, observados aspectos funcionais tais como pontualidade, assiduidade e adequação ao próprio serviço.

Confira o edital.

Fonte: JC Concursos
Tags:

Mensagem enviada com sucesso