>

08/02/2019

Graduação, tecnólogo ou técnico?

Escolher a carreira que quer seguir por toda a vida quando se é apenas um adolescente é uma tarefa muito difícil. A pressão, as estatísticas e as dúvidas fazem com que a decisão não seja tão simples. Além da carreira é preciso também escolher a instituição que vai estudar, se prefere curso presencial ou a distância e o turno que mais se encaixa na sua rotina.

Outra decisão de fundamental importância é saber se irá investir numa graduação, graduação tecnóloga ou em um curso técnico. Para decidir de maneira mais assertiva é necessário, antes de tudo, saber diferenciar essas três modalidades.

As principais diferenças entre graduação, tecnólogo e curso técnico se referem à duração e qual a pretensão profissional. A graduação tem duração média de 4 a 6 anos – dependendo do curso – e tem muito foco no conhecimento teórico. O tecnólogo geralmente dura de 2 a 3 anos e pode ser considerada uma versão resumida da graduação, com a visão voltada para o mercado de trabalho. E por último, o curso técnico, que tem a mesma duração dos cursos tecnólogos e são caracterizados pela formação com foco em áreas específicas. Quer saber mais? A gente explica!

Graduação

A graduação é uma formação do Ensino Superior, sendo Bacharelado e Licenciatura. Quando concluídas qualquer uma das modalidades, o aluno recebe o diploma da instituição de ensino, e tendo em posse este diploma, é possível investir em cursos de pós-graduação e MBA (Master of Business Administration).

Para entrar em um curso de graduação é preciso ter concluído o Ensino Médio. Então, o candidato precisará participar do processo seletivo da instituição (vestibular), que pode ser substituído pela apresentação da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em algumas instituições.

Tecnólogo

Os cursos tecnólogos também são de Ensino Superior e ao concluí-los, os alunos também recebem o diploma. Enquanto na graduação há muito conteúdo teórico com um aprendizado mais amplo, nos cursos tecnólogos a prática é a bola da vez, sobretudo por conta da curta durabilidade. Assim como a graduação tradicional, o tecnólogo também pode – posterior a formatura – cursar pós-graduação e MBA. No caso de concursos públicos de nível superior, é necessário observar o edital para entender se há exigência de bacharelado ou licenciatura.

As graduações tecnológicas são reconhecidas pelo MEC, tanto na modalidade presencial quanto a distância (EaD).

Curso Técnico

Não confunda: curso técnico e tecnólogo são coisas distintas. O curso técnico não é de Nível Superior e ao concluí-lo o aluno não obtém diploma de faculdade, mas dá direito a um certificado de conclusão do curso técnico de Nível Médio.

Então se você ainda está cursando o Ensino Médio, pode fazer paralelamente, um curso técnico, onde serão abordados conhecimentos bastante específicos voltados para a prática e para o mercado de trabalho.

Fonte:
Tags:

Mensagem enviada com sucesso