>

18/06/2015

IBGE – Pedido de concurso tem avanço no Planejamento

IBGEO processo que pede 1.564 vagas no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) teve novas movimentações em setores do Ministério do Planejamento. Conforme informa o site Protocolo Integrado, do governo federal, na última segunda-feira, dia 15, a solicitação foi recebida por diretores da Secretaria Executiva III. Em maio e, agora, em junho, o processo tem sido bastante movimentado, o que comprova as negociações do IBGE com a pasta. A diretoria do IBGE e a Associação e Sindicato Nacional dos Servidores (ASSIBGE-SN) têm o desejo de que o aval seja dado este ano. A fundação, no entanto, informa que não sabe se isso poderá ocorrer.

A ASSIBGE-SN, por sua vez, alega que, caso o concurso não ocorra em 2015, há riscos de a qualidade e o sigilo das informações do IBGE serem afetados. Toda a carência de pessoal e as ameaças apontadas têm sido passadas ao Planejamento. O diretor de Pesquisas do IBGE, Roberto Olinto, disse recentemente  que a seleção será para todo o país, sem precisar quando ela ocorrerá. Ainda segundo ele, o Rio de Janeiro será contemplado na disputa, e os interessados devem se preparar, já que o concurso irá acontecer.

Das vagas solicitadas, 1.044 são para técnico em informações geográficas e estatísticas, de nível médio, e 520 de analistas e tecnologistas, que exigem nível superior.  Para o cargo de 2º grau, a remuneração é de R$3.323,91, e no caso das funções de nível superior, de R$7.039,83, podendo aumentar para R$8.691,63, com especializações. O diretor-executivo do IBGE, Fernando Abrantes, disse à ASSIBGE-SN que deverão ser autorizadas 660 vagas, sendo 400 para o 2º grau e 260 para o superior.

O instituto tem concurso com prazo de validade vigente até 2016, podendo ser prorrogado por dois anos. No entanto, a fundação já chamou todos os aprovados possíveis, pois teve o aval para preencher 50% mais vagas. Segundo o instituto, foram contratados 658 servidores das últimas seleções, sendo 450 técnicos, 90 analistas, 90 tecnologistas e 28 pesquisadores.

Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso