>

03/11/2020

PCRN: presidente da comissão explica o motivo do atraso do edital

A publicação do edital do concurso PC RN atrasou. Previsto para no último sábado, 31, o documento vai ficar para novembro, como antecipou a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, na sexta-feira, 30/10.

“O edital está sendo publicado nos próximos dias”, disse a governadora em entrevista ao programa RN Verdade da Rádio 97 FM Natal.

Clique aqui, faça o seu cadastro e receba conteúdos
exclusivos para Carreiras Policiais

De acordo com a Associação dos Escrivães de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Assesp RN), alguns atrasos ocorreram em setores externos da Polícia Civil, devido às burocracias exigidas e também pela necessidade de alteração legislativa realizada no estatuto da instituição.

“Embora o prazo inicial não tenha sido cumprido, reconhecemos que o andamento do concurso está bem avançado, desde quando passou a ser responsabilidade da própria Polícia Civil do RN. Continuaremos de olho no concurso”, afirmou a presidente da Assesp RN, Carolina Campos.

Ainda na última sexta, 30, o presidente da comissão do concurso, o delegado Fábio Montanha, falou sobre os preparativos para a publicação do edital.

Segundo ele, na próxima semana (entre 3 e 6 de novembro) ocorrerá uma reunião da comissão com a banca organizadora, a Fundação Getulio Vargas (FGV), para definir os últimos detalhes do edital.

No último dia 22, a delegada-geral da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Ana Cláudia Saraiva, afirmou que o governo iria trabalhar para publicar o edital do concurso PC RN até este sábado, 31, o que não ocorreu.

O prazo estava previsto no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público.

Além disso, no último dia 23, o governo assinou o contrato com a FGV. O documento prevê a publicação do edital dentro de 30 dias. O extrato, no entanto, ainda não foi publicado no Diário Oficial do Estado.

Ao todo, o concurso PC RN tem 301 vagas previstas, sendo:

– 47 para delegado;
– 230 para agente; e
– 24 para escrivão.

Todos os cargos têm o nível superior como requisito. No entanto, no caso do delegado, é preciso ter a graduação concluída em Direito.

Resumo do concurso
Órgão: Polícia Civil do Rio Grande do Norte
Cargos: agente de polícia, delegado e escrivão
Vagas: 301
Requisitos: nível superior
Remuneração: R$4.731,91 (agentes e escrivães) e R$16.670,59 (delegado)
Banca: Fundação Getulio Vargas (FGV)
Edital: em 2020

Concurso PC RN terá mais aprovados

O atraso nos trâmites para a publicação do edital ocorreu porque, nos últimos dias, o governo precisou mudar o Estatuto da Polícia Civil.

A alteração foi feita por meio da Lei Complementar nº 673, aprovada no dia 20 pelo Legislativo e sancionada na última quarta, 21.

Pela Lei:

“Serão convocados para participar do Curso de Formação Profissional Policial, quinta etapa do certame, até três vezes o número de vagas constante do edital do concurso público deflagrado, compreendido neste os candidatos habilitados até a quarta etapa do concurso, de acordo com o cargo objeto de inscrição”.

Desta forma, o governo prevê que possam ser convocados para o curso de formação até três vezes o número de vagas no edital.

Sendo assim, 903 candidatos podem ter chances de efetivação na Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Além disso, com a Lei, o governo retira um dispositivo que previa que somente seriam corrigidas as provas discursivas dos candidatos habilitados na objetiva, dentro de até cinco vezes o número de vagas do edital.

Em entrevista em setembro, a delegada-geral Ana Cláudia Saraiva antecipou que, além das 301 vagas, mais aprovados serão convocados para a realização do curso de formação.

O número de candidatos na reserva, no entanto, não foi definido. Segundo a delegada, há um limite para este chamamento e um planejamento orçamentário a ser realizado.

“A expectativa é que, após o edital, em um prazo de 240 dias, nós possamos receber o pessoal já recrutado para o curso de formação”, disse a delegada.

Em maio deste ano, os salários iniciais e finais passaram por reajustes. Desta forma, a partir do dia 1º de novembro os profissionais passarão a contar com os seguintes vencimentos.

Salário Inicial Salário final
Delegado R$ 16.670,59 R$ 25.632,97
Agente R$ 4.731,91 R$ 10.468,63
Escrivão R$ 4.731,91 R$ 10.468,63

Provas estão previstas para o início de 2021

As provas objetivas do concurso PC RN estão previstas para o início de 2021. A afirmação foi feita pela delegada-geral em setembro, durante entrevista à Rádio Cidade.

Segundo Ana Cláudia, apesar da previsão, não é possível anunciar as datas com precisão porque, após a assinatura do contrato entre a PC RN e a FGV, a banca terá um prazo para aprontar as provas e para receber as inscrições.

Somente após a publicação do edital é que as datas serão reveladas aos candidatos. Ainda durante a entrevista, a delegada revelou que o concurso PC RN contará com as seguintes etapas:

– provas objetivas;
– teste físico;
– psicotécnico;
– curso de formação.

Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso