>

20/12/2016

IBGE: edital sairá em breve! 82.050 vagas

Ficou ainda mais próxima a realização do concurso IBGE 2017, com 82.050 vagas temporárias para o Censo Agropecuário 2017, abrangendo cargos de todos os níveis de escolaridade. É que na última quinta-feira, dia 15, foi aprovado o orçamento da União para o próximo ano, que traz uma estimativa de arrecadação com taxas de inscrição de seleção para órgão.

Saiba mais sobre o concurso IBGE 2017

Com a aprovação do orçamento da União, o instituto agora só depende da autorização do Ministério do Planejamento para iniciar os preparativos do concurso IBGE 2017 para cargos dos níveis fundamental, médio, médio/técnico e superior.

Esse aval, entretanto, não deverá levar muito tempo para ser concedido, já que o presidente do IBGE, Paulo Rabello de Castro, tem pressa na abertura da seleção. Ele, inclusive, já havia antecipado à FOLHA DIRIGIDA que já tinha negociado com o governo a verba para a realização da Censo Agropecuário e, consequentemente, a realização do certame.

Das 82.050 vagas previstas, 62.400 serão destinadas à função de recenseador, que pede somente o nível fundamental completo e propicia ganhos de cerca de R$ 3 mil mensais (incluindo produtividade).

Esse profissional é o responsável pela coleta de informações para as pesquisas. E caso o agente censitário municipal ou o supervisor identifique falhas, o recenseador precisa retornar aos domicílios para complementar as informações e/ou corrigir as falhas apontadas.

Para quem cursou até o nível médio completo, os cargos disponíveis serão os seguintes: agente censitário regional (exigência de carteira de habilitação na categoria B), com 486 vagas; agente censitário administrativo, com 700; agente censitário municipal, com 5.500; e agente censitário supervisor, com 12.540. Agente censitário de informática, com 174 vagas, é a única função que pede formação técnica também, além do 2º grau.

As remunerações são de cerca de R$2 mil para agente censitário municipal, agente censitário supervisor, agente censitário administrativo e agente censitário de informática; e R$ 3.458 para agente censitário regional.

No nível superior, serão 223 de analista censitário, com rendimentos de R$ 7.624. Todos esses valores já estão acrescidos dos R$458 de auxílio-alimentação. Além desse benefício, os contratados terão direito ainda a férias remuneradas e 13º salário, e serão admitidos pelo IBGE por até três anos. O Censo Agropecuário não é realizado desde 2006.

O concurso para o Censo Agripecuário chegou a estar previsto para este ano, mas foi adiado devido às restrições orçamentárias. Segundo informações divulgadas anteriormente pelo IBGE, primeiro seria publicado um edital para analista censitário, agente censitário regional e agente censitário administrativo.

Na sequência, um edital para as carreiras de agente censitário municipal, agente censitário supervisor e agente censitário de informática. Já o último seria exclusivamente para recenseador. É possível que essa previsão se mantenha em 2017.

Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso