>

30/07/2015

MP-RN: concurso confirmado para este ano. Ofertas serão para 2º e 3º graus

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MP-RN) vai reforçar seu quadro de pessoal convocando concurso para cargos de níveis médio e superior, ainda neste ano. De acordo com notícia publicada no site do próprio órgão, a Diretoria de Gestão de Pessoas (Dgep) confirmou a realização da seleção e informou que a fase, no momento, é de definição da banca organizadora. Com aplicação das provas previstas para novembro, a expectativa é de que o edital seja publicado entre os meses de agosto e outubro.

Inicialmente, a oferta prevê a contratação imediata de 14 novos técnicos, na área Administrativa, que exige nível médio, além de cinco vagas para analista, de nível superior, com especialidade em Engenharia Civil (2) e Contabilidade (3). O técnico tem remuneração de R$ 4.098,78, sendo composta por R$ 2.898,78 de salário inicial, R$ 200 de auxílio-saúde e R$ 1.200 de auxílio-alimentação. Já o analista tem vencimento no valor de R$ 5.370,93, possuindo R$ 3.970,93 de ganho inicial, além de R$ 200 de auxílio-saúde e R$ 1.200 de auxílio-alimentação.

A última vez que o MP-RN realizou concurso para técnico na área Administrativa foi no ano de 2010. Na época, o cargo ainda era nomeado como agente administrativo, e foram oferecidas 14 vagas. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas (FCC). Os candidatos enfrentaram apenas provas objetivas como única etapa. Foram cobrados conteúdos de Língua Portuguesa, História do Rio Grande do Norte, Aspectos Geoeconômicos do Rio Grande do Norte, Noções de Informática, Legislação do MP-RN, Noções de Direito Administrativo e de Administração Pública, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Processual. O concurso foi válido por dois anos e o último candidato nomeado foi o classificado na 200ª posição, isto devido a criação de novas vagas durante o período.

Já para analistas, a última seleção aconteceu em 2012, com oferta de 28 vagas em diversas especialidades. A organização do certame também teve como responsável a FCC. Como etapas, os candidatos tiveram de realizar provas objetivas e discursivas referentes à Conhecimentos Básicos e Específicos, além de redação. O concurso ainda está em vigência para alguns cargos, porém, para as especialidades de Engenharia Civil e Contabilidade é necessária uma nova seleção, pois a lista de aprovados encontra-se esgotada.

Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso