>

25/03/2022

Oferta dos concursos Segurança PE será ‘muito grande’, diz deputada

O governo de Pernambuco prepara novos concursos para Segurança Pública do Estado. Serão contempladas vagas para o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Científica.

De acordo com a deputada estadual Gleide Ângelo, “o quantitativo de vagas será muito grande”. A parlamentar expôs, em um vídeo publicado nas redes sociais , que, em 2018, a PM PE tinha 20 mil servidores.

Este ano, o efetivo está em 15 mil servidores. Ou seja, é necessária abertura de milhares de vagas no concurso para que a carência seja suprida.

A deputada explicou que, em fevereiro deste ano, foi solicitado que cada corporação fizesse o estudo da necessidade de preenchimento de cargos. Essa fase já foi concluída.

“Agora, a repercussão financeira está em andamento. O quanto o preenchimento dos cargos vai onerar a folha de pagamento do Estado. É isso que vai definir o quantitativo de vagas imediatas do concurso”, explicou Gleide.

Depois dessa análise orçamentária, será criada uma comissão por cada corporação para elaborar o edital. “A pretensão do governo é realizar os concursos no segundo semestre para todos os cargos das quatro corporações”, afirmou a parlamentar.

As informações foram coletadas por Gleide na terça-feira, 22, em reunião com o secretário estadual de Defesa Social, Dr. Humberto Freire.

A seguir, confira detalhes sobre os últimos concursos para a PM e Corpo de Bombeiros de Pernambuco:

Últimos concursos tiveram vagas para soldado e oficial

Em 2018, foi publicado o edital do último concurso PM e Bombeiros PE. No total, foram 580 vagas, sendo 500 para soldados da Polícia Militar, cargo de nível médio, e 80 oportunidades para oficiais (sendo 60 para Polícia Militar e 20 para o Corpo de Bombeiros).

Para oficial da PM PE, para se inscrever foi necessário ter graduação em Direito. Já para o CBM PE, foram aceitas graduações em qualquer área.

Além da escolaridade, para todos os cargos, os participantes tiveram que preencher requisitos específicos, sendo:

– Ter, no mínimo, 18 anos completos na data de ingresso na carreira de militar do Estado e, no máximo, 28 anos na data de inscrição no concurso, considerando-se esta idade até o dia anterior à data em que o candidato completará 29 anos;

– Ser habilitado para a condução de veículos automotores, no mínimo na categoria;

– Ter altura mínima de 1,65m para homens e altura mínima de 1,60m para mulheres.

As provas objetivas para soldados da PM PE foram compostas por 60 questões objetivas distribuídas pelas disciplinas de: Conhecimentos de Língua Portuguesa (15); Conhecimento de Matemática (10); Conhecimentos de Geografia (10); Conhecimentos de História (10); e Conhecimentos de Direitos e Garantias Fundamentais (15).

Para oficial da PM PE, a prova teve 70 questões, divididas por Linguagens, Códigos e Estatísticas e suas Tecnologias (30) e Conhecimentos Jurídicos (40), além de uma redação.

Já para oficiais do Corpo de Bombeiros, a divisão das 70 questões foi diferente, sendo: Linguagens, Códigos e Estatísticas e suas Tecnologias (15), Matemática e suas Tecnologias (15), Ciências da Natureza e suas Tecnologias (20) e Conhecimentos Jurídicos e Legislação Específica (20), além da redação dissertativa.

Os candidatos também foram avaliados por etapas como: exame de saúde, teste de aptidão física, e avaliação psicológica.

Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso