>

04/02/2022

SEC-BA: governador anuncia edital para professores até junho

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou a abertura de um novo concurso para a Secretaria de Estado de Educação (SEC BA) em 2022. As vagas serão para professores efetivos e o edital está previsto para ser divulgado ainda no primeiro semestre.

O anúncio ocorreu na terça-feira, 1º, durante a abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa. Segundo Rui Costa, o concurso será para lotação em cidades menores e no interior da Bahia.

Ele detalhou que esses municípios costumam ter menos interessados, quando um concurso maior é realizado. Por esse motivo, tem uma grande rotatividade de profissionais.

“Está sendo encaminhado à SAEB (Secretaria de Administração da Bahia) um novo concurso para professores no estado da Bahia, focados especialmente naquelas cidades menores e mais distantes, onde nós queremos preencher as vagas que, normalmente, em um concurso maior que inclui cidades grandes não viram objeto de desejo das pessoas que fazem concurso”, explicou.

O número de vagas e as áreas ainda não foram informados. Uma boa notícia é que o concurso Educação BA está previsto no Orçamento de 2022. O que pode contribuir para abertura da seleção e nomeação dos aprovados.

Em maio de 2021, o deputado estadual Tiago Correia protocolou, na Assembleia Legislativa, uma indicação para que o Governo da Bahia contratasse psicólogos, para auxiliar alunos e professores da rede pública.

O parlamentar citou dados do último relatório anual sobre violações de Direitos Humanos, divulgado em 2020. A pesquisa apontou o recebimento de quase 87 mil denúncias contra crianças e adolescentes em 2019, um aumento de 14% em relação ao ano anterior.

De acordo com o deputado, é preciso seguir o exemplo de São Paulo.

“Lá (São Paulo), o governo estadual anunciou a contratação de psicólogos para a rede pública em setembro do ano passado, após pesquisa apontar que 75% dos alunos e 50% dos professores tiveram alterações emocionais durante o isolamento provocado pela pandemia do Coronavírus”, disse.

O governo da Bahia ainda não revelou se haverá vagas para outras carreiras, além de professor, no novo concurso público para Educação.

Sem concurso, Educação BA contratou profissionais em 2019

A Secretaria de Educação do Estado da Bahia realizou, em 2019, um processo seletivo para a contratação de 2.491 vagas de professor. Para se inscrever foi necessário ter o diploma de nível superior (licenciatura) na área de interesse, sendo:

Linguagem com ênfase em Artes;
Ciências da natureza – Biologia;
Linguagem com ênfase em Educação Física;
Ciências humanas – Filosofia;
Ciências da natureza – Física;
Ciências humanas – Geografia;
Ciências humanas – História;
Linguagem com ênfase em Língua Inglesa;
Linguagem com ênfase em Língua Portuguesa;
Matemática;
Ciências da Natureza – Química; e
Ciências Humanas – Sociologia.

Os participantes foram avaliados por provas objetivas, com 50 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa; Educação Brasileira; Noções de Igualdade Racial e de Gênero; e Conhecimentos Interdisciplinares) e 30 da parte Específica.

Os classificados foram contratados pelo período de dois anos, cabendo prorrogação por mais dois anos.

Na época, a remuneração oferecida era de R$1.713,46, sendo o valor composto pelo vencimento básico de R$1.306,19 mais gratificação de estímulo às atividades de classe (R$407,27).

Os convocados atuaram na Educação Básica da rede estadual de ensino, em 416 municípios, com jornada de 20 horas.

Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso