>

05/11/2021

CGU: FGV organizará concurso com 375 vagas. Níveis médio e superior

Com edital previsto para este ano, a Controladoria-Geral da União deu um importante passo para o concurso CGU. A banca organizadora foi anunciada oficialamente e será a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O extrato de dispensa de licitação que confirma a FGV como banca foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 5.

Este foi um passo importante que a CGU dá para a publicação do edital dentro do prazo previsto pelo ministro Wagner Rosário. Ele estima que o edital pode sair ainda em novembro.

Agora que a banca foi oficializada, o próximo passo será a assinatura do contrato. Isso deve acontecer no próximos dias e o edital fica liberado para sair em seguida, a qualquer momento.

Veja o extrato da dispensa que confirma a FGV:

reprodução DOU

Além de edital em novembro, recentemente o ministro Wagner Rosário confirmou que as provas também já têm previsão. As avaliações devem ser realizadas no início de fevereiro de 2022. A data, no entanto, ainda não foi revelada.

Concurso CGU terá 375 vagas

Autorizado em 27 de julho, o concurso CGU recebeu aval para preencher 375 vagas. Dessas, são 300 para a carreira de auditor e 75 para técnico de nível médio.

De acordo com o projeto básico, a seleção contará com chances para ampla concorrência, mas também reserva para negros e pessoas com deficiência (PcDs).

Além disso, também já se sabe os salários atualizados. Para o cargo de auditor, os ganhos são de R$19.197,06, enquanto o técnico recebe um vencimento inicial de R$7.283,31.

Ambos recebem auxílio-alimentação de R$458, referente aos servidores federais. Dessa forma, a remuneração totaliza:

– Técnico: R$ 7.741,31
– Auditor: R$ 19.655,06

Concurso CGU terá provas nas 5 regiões do Brasil
Outro ponto importante que já foi confirmado são as cidadas que vão receber as provas. Inicialmente, apenas as capitais com oferta de vagas seriam contempladas, mas, em seguida, o ministro indicou que avaliaria provas em todas as capitais.

Isso, no entanto, não foi possível. Mas, para poder contemplar mais candidatos e beneficiar as cinco regiões do país, ele escolheu uma capital das regiões Nordeste, Sudeste e Sul para receber vagas, sendo:

– Região Sudeste: São Paulo (SP)
– Região Nordeste: Recife (PE)
– Região Sul: Porto Alegre (RS)

As demais cidades contempladas serão aquelas com oferta de vagas. No Centro-Oeste, as provas serão aplicadas em Brasília, já que muitas chances serão para o Distrito Federal. Já no Norte, há oportunidades em vários estados.

Veja a distribuição completa das vagas:

Cargo: Auditor Federal de Finanças e Controle.
Tipo de Prova* Região ou Órgão Central Estado/DF Número de vagas
I 1- Região Norte Ampla Concorrência Reservada aos candidatos negros Reservada a portadores de deficiência  Total por região ou órgão central
Acre 5 1 (2) 46
Amazonas 6 1
Amapá 5 1
Pará 8 2
Rondônia 4 1
Roraima 5 1
Tocantins 5 1
2- Órgão Central Distrito Federal 64 16 (4) 80
II Órgão Central Distrito Federal 64 16 (4) 80
III Órgão Central Distrito Federal 32 8 (2) 40
IV Órgão Central Distrito Federal 42 12 (3) 54
Total 240 60 (15) 300

*De acordo com a ênfase nas seguinte áreas do conhecimento, combinadas ou não: Auditoria, Fiscalização, Tecnologia da Informação, Finanças, Contabilidade Pública e/ou Direito.

Cargo: Técnico Federal de Finanças e Controle.
Região ou Órgão Centra Estado/DF Número de vagas
Ampla Concorrência Reservadas aos candidatos negros Reservadas a portadores de deficiência Total por Região ou Órgão Central
1- Região Norte Acre 2 0 (1) 24
Amazonas 3 1
Amapá 3 1
Pará 3 1
Rondônia 3 1
Roraima 2 1
Tocantins 2 1
2- Órgão Centra Distrito Federal 41 10 (3) 51
Total 59 16 (4) 75
Fonte: Folha Dirigida
Tags:

Mensagem enviada com sucesso